sexta-feira, 12 de março de 2010

"Cama de Gato": autoras falam sobre a morte de Débora

A novela "Cama de Gato" é uma das tramas mais envolventes dos últimos tempos, talvez tenha sido essa a razão do envolvimento do público com os personagens. A prova desse carinho são as diversas manifestações desde que foi anunciada a morte de Débora (Guta Gonçalves). Ninguém se conforma com o destino da doce menina dos cabelos vermelhos. Eles não querem que a filha de Alcino (Carmo Dalla Vecchia) saia da novela. Mas as autoras Thelma Guedes e Duca Rachid já bateram o martelo: a personagem vai mesmo morrer após dar à luz Alice, sua filha com Pedro (Ronny Kriwat).

"Acho que essa reação dos leitores é sinal do sucesso da novela. Demonstra o envolvimento do público com a personagem e com a história, o que é muito positivo. Claro que a gente entende que os telespectadores fiquem tristes. Mas garantimos que Pedro terá um final muito bonito", garante Duca.

Thelma disse que elas também ficam tristes quando escrevem. "Mas a nossa decisão foi manter a trama que planejamos. De fazer um Romeu e Julieta na novela. Com tudo de bonito e de doloroso que tem essa grande e linda história de amor. O primeiro amor, o maior e mais profundo, que se eterniza", finaliza.

Uma pena mesmo. Compreendo a decisão das autoras de manter a história original. Acho que foi a Guta Gonçalves que transformou esse personagem tão especial e querido. De repente se tivesse sido outra atriz, não teria esse mesmo efeito.

Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário