sábado, 6 de março de 2010

Adriano é afastado do Flamengo após briga em festa funk


Socos, pontapés, festa regada à funk na favela, bebedeira e quebra-quebra. Estes foram os ingredientes que vão desfalcar o Flamengo de seu principal jogador, o atacante Adriano, no jogo de amanhã, contra o Resende, em Volta Redonda, e no de quarta-feira, contra o Caracas, pela Libertadores.

Na última quinta-feira, os jogadores do Flamengo se juntaram a Adriano num jantar na Barra da Tijuca. De lá, Adriano, Vagner Love, Bruno, Álvaro e alguns jovens do elenco partiram para um churrasco numa festa ao som do funk, no Morro da Chatuba, na Penha.

Os atletas não contavam, porém, que Joana Machado, noiva do atacante, fosse à favela atrás do craque. Revoltada, ela começou a apedrejar os carros de Vagner Love e Álvaro. Ao se dirigir para o do goleiro Bruno, foi contida e ofendida pelo capitão do time.

- O meu carro você não quebra, não, sua p... - gritou Bruno.

Adriano, então, interveio e foi agredido a socos por Joana Machado. O jogador revidou as agressões da noiva, sob olhares dos chefes do tráfico local, e pediu aos traficantes para que a expulsassem da favela. Caso ela se recusasse, Adriano deu ordem para que ela fosse amarrada a uma árvore até o amanhecer.

Há duas semanas, o casal se meteu em outra confusão. Joana quebrou diversos objetos na casa de Adriano, de onde foi expulsa para a casa dos pais, no Jardim Botânico. Joana e Adriano começaram o namoro em 2008, quando o jogador estava na Itália, atuando pela Inter de Milão. No início deste ano, após muitas brigas e reconciliações, Adriano e Joana ficaram noivos, logo após ela ter dito que fez aborto de um filho do jogador e que ele ficava incontrolável quando bebia. (Fonte: Extra)

Fotos: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário